NO ESPAÇO – EDIÇÃO Nº 6

PALAVRA DO PRESIDENTE

Por: Rafael Rezende Bertone da Costa

Carta Patrimonial de Mar de Espanha

No dia 17 de agosto, comemora-se o Dia do Patrimônio Cultural, a data foi escolhida em razão do nascimento de Rodrigo Melo Franco de Andrade, primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).             

O IPHAN foi criado através da lei nº 378, de 1937, no governo de Getúlio Vargas, o órgão  tem como principal objetivo proteger e preservar os bens culturais do país.              

Eis a pergunta: Mar de Espanha tem o que comemorar nessa data? Bom, minha resposta é positiva. Há anos temos visto a preocupação dos poderes públicos com relação aos bens patrimoniais de nossa cidade. A cidade possui lei de proteção ao patrimônio Material e Imaterial. Contudo, precisamos caminhar muito mais. 

Tive a oportunidade de receber quatro arquitetos nas lives do mês de julho. São eles: Tâmara Nunes, Layse Costa, Mario Augusto e Flaviane Rossetti. Na oportunidade eles apresentaram e comentaram sobre monumentos e prédios que fazem parte da história do município e região, neste dia, registramos uma ampla participação dos seguidores da página do Facebook. 

Pois bem, durante as lives, lancei um desafio aos arquitetos. Pedi-lhes que construíssem uma Carta Patrimonial de Mar de Espanha, meu desejo é que fosse lançada durante as festividades dos 15 anos do Espaço Cultural Falabella. Nossos quatro arquitetos aceitaram o desafio.  E você? Sabe o que é uma carta patrimonial?  “São documentos que contêm desde conceitos a medidas para ações administrativas com diretrizes de documentação, promoção da preservação de bens, planos de conservação, manutenção e restauro de um patrimônio, seja histórico, artístico e/ou cultural. Elaboradas por especialistas e organismos que trabalham com patrimônios culturais”. 

Agradeço a estes profissionais por terem aceitado essa tarefa. Dessa forma, o Espaço Cultural Falabella reafirma seu compromisso na luta pela preservação de nossos bens patrimoniais.

POESIA

Por: Júlio Cezar Vanni

Plantada sobre a montanha

Sem maresia no ar

Vive feliz Mar de Espanha

Longe das ondas do mar

O mineiro desconfia

Deste mar cá das montanhas,

Por que nem a geografia

Mostra as terras que ele banha…

É mesmo uma coisa estranha

Que ao mundo faz desafio:

As águas do Mar de Espanha

Correrem todas pro rio

Diz o mineiro prudente:

– Não vejo nada de mais!

O Mar de Espanha é da gente,

É o Mar de Minas Gerais!

HISTÓRIA EM IMAGENS

COLUNA SOCIAL

> O Espaço Cultural Falabella está realizando a campanha de repintura do prédio. A fachada precisa urgentemente de um retoque. Ajude a valorizar nosso patrimônio. Você pode contruibuir através da “vaquinha online” ou depositar na conta que está na página 4.                 

> A rádio Delta FM completou  23 anos de existência no dia 08/07. O Espaço Cultural Falabella parabeniza o maior meio de comunicação de nossa cidade.         

> No dia 10/07 nossa poetisa e uma das fundadoras do Espaço Cultural Falabella Sra. Maria Adelaide Temponi Torres, completou mais um ano de vida. Parabéns!       

> No dia 11/07 foi a vez de nossa amiga Cristina Kaezer celebrar mais uma ano de vida. Parabéns!

> Aconteceu no dia 11/07 a Missa do Homem do Campo, no Santuário de Nossa Sra. das Mercês. A celebração foi presidida pelo Pároco Pe. Anderson e transmitida pelo Facebook da Pároquia.                    

> Atenção: Até o fechamento desta edição a cidade de Mar de Espanha contabilizava 64 casos confirmados, 07 óbitos e 59 recuperados da Covid-19.

 ONTEM E HOJE

Por: Marcela do Valle

A Exposição Agropecuária e o Concurso Leiteiro

Em março de 1943, os fazendeiros locais criaram a Cooperativa dos Produtores de Leite do Município de Mar de Espanha, com o propósito de buscar novos caminhos para a comunidade, desenvolvendo as atividades econômicas de forma comum, organizando a produção e a comercialização do leite e seus derivados.

A Primeira Exposição Agropecuária e Concurso Leiteiro foram realizados entre os dias 21 e 24 de setembro de 1974, no terreno da Cooperativa, a partir do idealismo do Presidente do local na época, Sr. Euclides de Sousa Guerra, que também era fazendeiro.

Vinte e sete pecuaristas se mobilizaram e fizeram a doação de bezerros, organizando assim um leilão para angariar recursos a fim de iniciar a construção de um galpão e muros no terreno da Cooperativa.

No ano de 1980, o evento tem sua data alterada, passando a acontecer no mês de julho.                     

Em sua 8° edição, em 1981, o evento ganhou mais colaboradores: a Prefeitura, o Sindicato Rural, a Emater e o Rotary Clube. Passou a contar com mais atrativos: exposição de hortigranjeiros, de artesanato e do setor agroindustrial.            

A Exposição Agropecuária e Concurso Leiteiro proporcionam aos criadores, expositores e visitantes uma ampla demonstração do potencial do agronegócio, principalmente para a agricultura familiar, considerando o grande número de pequenas propriedades rurais da região.           

Durante quatro dias de festa, milhares de visitantes vêm a Mar de Espanha para prestigiar grandes shows de artistas de renome nacional. O evento conta com praça de alimentação, barracas de bebidas, parque infantil, e muito mais para receber este grande número de espectadores com conforto e segurança. Todos os dias têm feira da agroindústria e o tradicional torneio leiteiro, uma competição de gado leiteiro somente com produtores locais.           

NOSSA ESCOLA

Por: Marcia Rossignoli

Escola Municipal Elzi Machado Martins

 A ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA ELZI MACHADO MARTINS completa “25 ANOS” de história, construída sobre pilares sólidos de compromisso com a educação.

Nossa Escola homenageia a Professora Elzi Machado, profissional ímpar da educação.                        

A Escola é composta por 30 funcionários e 170 alunos. Funciona nos turnos: manhã e tarde e preza pelo desenvolvimento integral das crianças de 03 a 05 anos. O mais importante para nossa escola é a criança receber diariamente estímulos para aprender, brincar, conviver e sobretudo ter segurança física garantida.

Nossa bandeira ressalta o amor pela Educação e comprometimento dos funcionários.

O Sistema de Ensino Aprende Brasil foi implantado em 2014. É um modelo de educação que faz parte do Projeto Político Pedagógico da escola, com metodologia de qualidade, reconhecido nacionalmente, cirado e desenvolvido pela Editora Positivo. Ao adotá-lo, a escola passou a ter acesso a uma coleção de livros didáticos, familiarmente denominados de apostilas do Maternal para crianças de 03 anos, apostilas do 1º Período para crianças de 04 anos e apostilas do 2º Período para crianças de 05 anos.

Os educadores e alunos passaram a ter acesso ao Portal Educacional – O Portal Aprende Brasil,hoje atualizado em forma de plataforma que oferece projetos, conteúdos complementares, jogos pedagógicos especialmente desenvolvidos para cada faixa etária e toda a interatividade que só a internet pode oferecer.                    

Assim é nossa Escola, uma escola de ideias e ações, com aprendizagem eficaz e plena.                 

Os projetos e comemorações realizados na escola são: Embornal da Literatura – Diário de Bordo – Cantinho de Arte – Casa de Fantoche – Dia da Fruta – Dia do Brinquedo – Civismo – Higiene Bucal – Grito de Carnaval – Dia do Circo – Páscoa – Dia do Livro – Dia do Índio – Dia das Mães – Chá dos Avós – Dia dos Pais – Festa da Família – Festa Junina – Dia das Crianças – Show de Talentos – Sarau Literário – Natal. 

*Márcia Rossignoli – Diretora da Escola Municipal Elzi Machado Martins

Sítio Arqueológico

-Localizado em Córrego de Areia, o sítio arqueológico guarda diversos artefatos como machadinhas e cerâmicas, além de uma gruta com pinturas rupestres datadas de aproximadamente 10.000 anos atribuídas aos Índios Puris. Em 2001 o Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Alto Rio Grande fez o primeiro relatório de visita ao sítio arqueológico encaminhado ao IPHAN e ao IEPHA.

Como Chegar

Distâncias Estaduais

Cidade/Estado Distância Acesso
Vitória-Es 530 KM BR 262 / ES 181 / ES 186 / BR393 / MG 126
Rio de Janeiro-RJ 135 KM BR 040/ BR 393/ MG 126
São Paulo-SP 440 KM BR 116 / BR 393 / MG 126

Distâncias Municipais

Cidade Distância Acesso
Além Paraíba/MG 54 KM BR 393 / MG 126
Belo Horizonte-MG 312 KM BR 040 / BR 267 / MG 126
Bicas-MG 24 KM MG 126
Guarará-MG 26 KM BR 267 / MG 126
Juiz de Fora-MG 58 KM BR 267 / MG 126
Leopoldina-MG 82 KM BR 116 / BR 267 / MG 126
Pequeri-MG 22 KM MG 126
São João Nepomuceno-MG 52 KM MG 126
Senador Cortes-MG 11 KM



Viação Bassamar
Mar de Espanha x Juiz de Fora
Endereço: Av. Urbâno Stambassi, 17, Mar de Espanha – MG, 36640-000
Telefone: (32) 3215-1109

Viação Sertaneja
Mar de Espanha x Petropolis
Endereço: Av. Urbâno Stambassi, 17, Mar de Espanha – MG, 36640-000
Telefone: (32) 3276-1125

Santuário Nossa Senhora das Mercês

-A construção da atual Igreja Matriz, obra da Irmandade de Nossa Senhora das Mercês de Mar de Espanha, teve início entre 1872 e 1873 sendo concluída em 1886. A imponente igreja com uma única torre central guarda em seu interior imagens trazidas da Alemanha, assim como o altar-mor e a escada de madeira em caracol que dá acesso ao coro. A benção da nova Igreja aconteceu no dia 23 de setembro de 1886 sendo celebrada no dia seguinte a primeira missa. A Matriz de Nossa Senhora das Mercês foi abençoada e designada pelo Papa João Paulo II como Santuário de Nossa Senhora das Mercês, sendo um dos quatro santuários dedicados a santa no Brasil. Em setembro de 1986 a Matriz completou um século de existência. Antes dela já havia existido, mais ou menos no mesmo local, outras duas igrejas dedicadas a mesma santa. Sobre a primeira capelinha de barro batido e caiada de branco não existem muitas informações, o que se sabe é que ela já existia em 1820. A segunda igreja, primeira Igreja Matriz de Mar de Espanha, foi obra de Custódio Ferreira Leite, o Barão de Aiuruoca. Construída entre 1832 e 1840 permaneceu com acabamento incompleto até que em janeiro de 1872, a Câmara pediu às autoridades eclesiásticas que não realizassem mais ofícios religiosos em virtude da ameaça que ela oferecia a integridade física dos fiéis. A passagem de Dom Orione entre agosto de 1921 e janeiro de 1922 foi outro acontecimento marcante na vida religiosa de Mar de Espanha. São Luiz Orione fundou no município a Ordem dos Filhos da Divina Providência, os orionitas, e das Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade. Em 16 de maio de 2004, aconteceu a cerimônia de canonização de Dom Orione feita pelo papa João Paulo II. Em 4 de setembro do mesmo ano, Mar de Espanha recebeu relíquias do santo que estão guardadas no Santuário de Nossa Senhora das Mercês.

-Igreja de Santa Efigênia

-A Igreja de Santa Efigênia localizada no ponto mais alto do morro de mesmo nome, foi inaugurada em 1891, sendo construída pelos devotas da santa, na maioria negros e mulatos. Sem muitos adornos a igrejinha em estilo barroco com paredes de pau-a-pique tem apenas uma torre e um altar. Hoje, após muitas reformas e intervenções já não guarda todas as características originais.